terça-feira, 30 de agosto de 2011

PROTESTO

Amigos de aceleradas e estradas.

Geralmente nos encontramos para tomar algumas geladas, comer um churrasco com lingüiça, vamos aos encontros, fazemos ali e acolá movimentos de ajuda ao próximo, sobretudo nas festas de final de ano. Tudo louvável!

Contudo o momento requer mais do que até então estamos acostumados, precisamos de união e atitude.

A razão de tal conclamo, exige um esclarecimento prévio.

No governo paranaense antecedente ao atual, o então governador deu substancial aumento no IPVA das motos, óbvio que tão somente para arrecadar, com o peso de que todos pagaram/pagam. Tanto que no impresso tirado nos caixas eletrônicos do banco conveniado com o Estado, aparece o valor para cálculo e cobrança, valor que não reflete com a realidade, tanto que valorizam a moto de maneira com que sequer se aproxima do preço de venda.

Ademais, o então governo federal passado autorizou a elevação do seguro de motos, num patamar exagerado que também nos penalizou sobremaneira, sem considerar que não é apenas o motoqueiro/motociclista quem dá causa aos acidentes, afinal quantos motoristas dirigem falando ao celular e não vê a moto? Contudo a conta sobrou para nós de duas rodas.

Além de quê, com a arrecadação deveríamos ter uma segurança de primeiro mundo, contudo diariamente temos furtos e/ou roubos, revólveres apontados à nossa cabeça e o imperativo verbo: perdeu - perdeu -perdeu. Perdemos quando saímos vivos, senão a perda é das nossas esposas, maridos, companheiras (os), filhos (as) e familiares e amigos. De qualquer forma são perdas, e sem essa que ao menos vai a moto, salvou-se a vida, sabemos nós quanto arregaçamos as mangas, suamos pra conquistar nossos "brinquedinhos".

Estamos e somos abandonados por estes políticos preocupados com seus próprios interesses, servimos apenas para pagarmos as contas de todos eles, inclusive o aumento absurdo na casa de 73% dados a si mesmos, logo esses nossos empregados só nos "phodem" e só lembram das nossas pessoas na véspera de cada eleição.

De um tempo para cá veio à tona a vergonhosa saga dos Diários Secretos no Legislativo Estadual, por anos fomos roubados por eles e pelos seus parentes, tudo na calada da noite.

Agora temos a vergonhosa atitude do vereador Derosso, que beneficiou apenas o seu clã particular, e, tais como outros tantos políticos nega cometimento de crime e, pior, busca de todos os meios, com o aval de outros políticos sem caráter, tal e qual, impedir se apure os fatos verdadeiros. Óbvio, sabemos que não vai dar em nada, com um "mais pior", o dinheiro surrupiado não nos voltará. No Brasil isso é regra, não exceção.

Pelos fatos expostos que só nos atingem, direta ou indiretamente, busco apoio de todos os amigos de estrada para que façamos uma moção de protesto em cima das nossas motos pelas ruas de Cwb, demonstrando nossa indignação e repúdio aos desmandos que perduram em nossa capital (Estado) que busca excelência. Aproveitando para lembrar que em breve deve ser votada questão sobre aumento de vereadores, fato que por si implicara em gastos maiores para mantermos a máquina Legislativa como um todo, e, como consequência, menos segurança, saúde, educação e blá-blá-blá-blá.

Assim, que cada presidente de moto clube (grupo) entre, em principio num consenso com este articulador para definirmos um local e data, para posterior repasse aos demais membros de cada clube/grupo.

SE EM UM BAR PAGAMOS A CONTA E QUEREMOS UM TRATAMENTO DIGNO, QUE DIRÁ DESTES QUE SÃO PAGOS POR TODOS NÓS E QUE SÓ NOS FAZEM DANÇAR.

VAMOS AGIR.

Amauri Altino Lima

RG 6.328-346

sonhoseestradas@yahoo.com.br

041 - 8417-8599 - Oi

041 - 9932-1719 - Tim.

(NÃO SOU CANDIDATO A NENHUM CARGO POLITICO, APENAS ME PREOCUPO COM O SEMELHANTE DESFAVORECIDO).

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Como asfaltam as ruas em Portugal

Vejam que espetáculo de trabalho os nossos patrícios
fazem nas ruas de Coimbra em Portugal...

Não interditam as ruas nem para os carros,
nem para os pedestres...

video
(clique no play)

sábado, 6 de agosto de 2011

O que o vendedor diz e o que ele quis dizer



O que o vendedor diz:

Isso significa que:

O carro tem um probleminha de documentação.

Ainda tem placa amarela.
O IPVA não é pago há 15 anos.
Ninguém sabe onde está o DUT.
As multas são superiores ao valor do carro.
O ex-dono morreu e o carro está em inventário.

É carro de garagem.

Nunca conseguiu sair da garagem.

Não há nada a fazer.

O carro não tem mais jeito.

Nunca bateu.

As batidas foram causadas por outros carros.

Tem pequenos retoques.

São as sobras da pintura original.

Sou o segundo dono.

O primeiro era uma locadora.

Já tive cinco ofertas.

Todas de ferro-velhos.

Tem baixa quilometragem.

Não passa de trinta quilômetros por hora.

A dona quase não saía do bairro.

O carro não conseguia ir mais longe que isso.

Pega de primeira.

Depois que os vizinhos empurram.

Só precisa colocar uma capa nos bancos.

Para as molas não furarem suas costas e nádegas.

Pronto para viagem.

Desde que seja no guincho.

Carro de médico.

Era usado como ambulância.

Ninguém usava o banco de trás.

Era de uma clínica veterinária. Só levava cachorro.

O estepe nunca rodou.

Nunca teve pneu e a roda era de outro carro.

Tem nota fiscal.

Das oficinas de lanternagem.

Sempre fez serviço em autorizada.

Era usado para entregar peças.

Carro de colecionador.

Colecionador de selos.

O carro está na família há vinte anos.

Os parentes compravam para ensinar os filhos a dirigir.


sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Protesto de um cliente insatisfeito

Recebi do amigo Toninho Ragne de Presidente Prudente/SP e estou postando aqui no meu blog:
OLHA SÓ O ABSURDO!!!
Esse coitado da foto em anexo está estacionando o seu veículo em frente a concessionária La Place Peugeot de Presidente Prudente/SP, TODOS OS DIAS, desde segunda-feira (01/08/2011) e até agora NADA de resolverem o problema dele. Pelos dizeres que ele afixou no veículo ele deve estar muito satisfeito com a aquisição do mesmo.
Passo em frente a concessionária todos os dias e percebi este carro sozinho lá na frente desde a manhã da segunda-feira. No mesmo dia, na hora do almoço, lá estava ele, firme em seu solitário protesto.
Curioso, ao passar na terça, olhei novamente no mesmo lugar e qual foi a surpresa, a concessionária, ao invés de resolver o problema da pessoa, colocou todos os carros de test-drive em frente a loja, nas vagas da rua, para a impedir a pessoa de estacionar ali novamente, isso porque quem conhece o local, sabe que a concessionária tem um páteo amplo e não precisava deixar os carros em plena rua.
Porém hoje, quarta-feira (03/08/2011), o solitário protestante deve ter pulado da cama mais cedo e colocou o carro no mesmíssimo lugar antes que a concessionária colocasse os seus veículos para impedí-lo.
Não conheço a pessoa que está protestando, mas merece os parabéns.
Como sei que NINGUÉM na imprensa irá divulgar o protesto do coitado, pois trata-se de anunciante/cliente de jornais e TV´s locais, resolvi dar minha contribuição para ajudá-lo e peço que façam o mesmo repassando este post, afinal de contas, amanhã pode ser você.
Alcindo.





EXATAMENTE NO DIA 30 DE JULHO DE 2003 ( 8 ANOS ATRÁS )
ESTAVA SENDO FABRICADO O ULTIMO FUSCA PRODUZIDO NO MUNDO
FOI UMA SÉRIE LANÇADA NA PLANTA DA VOLKSWAGEN EM PUEBLA-MÉXICO

AO TODO FORAM PRODUZIDOS 21.529.464 E FUSCAS NO MUNDO TODO..



FOTOS E VIDEOS DESSA DESPEDIDA MEXICANA:




























NÃO DEIXE DE VER OS VÍDEOS...




video





video





video





quarta-feira, 20 de julho de 2011

Policial atira em motociclista

Matéria publicada no jornal Folha de Londrina de ontem, 19.07.2011:

19/07/2011 -- 14h10
Policial atira em motociclista no centro de Londrina

Um homem foi baleado por uma investigadora da Polícia Civil no cruzamento das ruas Sergipe com Quintino Bocaiúva, região central de Londrina.

Juarez Alves, 40 anos, estaria em uma motocicleta. Ele foi atingido nas costas. Duas ambulâncias foram deslocadas para atendimento da vítima. A bala estava a poucos centímetros da coluna cervical. No entanto, os movimentos estavam preservados. "Não apresentava risco", revelou o sargento Paulo Cesar.

Alves foi internado no Hospital Santa Casa, onde passou por avaliação médica antes de ser encaminhado para o centro cirúrgico. A bala estaria alojada no fígado da vítima.

Discussão

Juarez Alves não portava arma alguma e a motocicleta que ele conduzia estava regular junto ao Detran. O motivo do disparo teria sido uma briga de trânsito. A policial já foi afastada do cargo.

A investigadora Ester, lotada no 1º Distrito Policial, teve a arma apreendida. O caso passa a ser investigado pela Corregedoria da Polícia Civil. "A versão não corresponde com o que ocorreu. (A investigadora) Demonstrou despreparo policial e desequilibrio psicológico", afirmou o delegado-chefe da 10ª Subdivisão Policial, Marcio Amaro.

A investigadora deve ser transferida para Curitiba.

Fonte: Bonde News

Analisando a frase do delegado-chefe, pergunto eu:

Como pode um(a) policial ter despreparo policial e desiquilíbrio psicológico???

Não são treinados e avaliados psicologicamente para enfrentar situações de limite???

Atirar nas costas de uma pessoa desarmada por motivo de discussão de trânsito??? Imagina se ela fosse enfrentar uma situação mais grave??? Sairia atirando em quem passasse na sua frente???

E essa transferência para Curitiba?? Por quê essa "proteção"?? Ela tem mais direitos que um cidadão comum mesmo agindo de forma desequilibrada e quase tirando a vida de outra pessoa??





quarta-feira, 6 de julho de 2011

Os 5 maiores erros de pilotagem

1 - Falha em reconhecer o perigo antecipadamente

Pilotos inexperientes ou mal treinados normalmente não desenvolvem a
capacidade de antecipar situações de perigo, que é fundamental na pilotagem
segura. Quanto mais tempo você tiver para reagir, maiores chances terá para
evitar um acidente. Ou, alguns, simplesmente não reconhecem um perigo e
conseqüentemente não fazem nenhuma correção para evitá-lo.
A triste realidade do motociclismo é que você é menos visível do que os
veículos maiores. Sua habilidade em evitar perigos depende de sua capacidade
em reconhecer situações no tráfego em que você pode estar invisível aos
outros usuários da estrada e que exigem ajustes de sua parte, relacionados à
velocidade e posicionamento na pista.

2 – Frenagens excessiva da roda traseira

Você conduziria seu carro com somente 30 a 40 por cento dos freios
disponível?
As investigações demonstram que pilotos inexperiente fream excessivamente a
roda traseira, às vezes excluindo totalmente os freios dianteiros.
Obviamente isto aumentará a distâncias de parada e a possibilidades de uma
colisão. Muitos pilotos, interrogados logo após um acidente, não recordam
nem mesmo se aplicaram os freios dianteiros. Por outro lado, usar
exclusivamente os freios dianteiros, numa motocicleta de grande porte,
provoca a mesma situação. A regra de ouro ainda é aplicar mais intensamente
os freios dianteiros, mas agregar a frenagem dos freios traseiros, também.

3 – Negociação nas Curvas

Os seguintes erros são os mais frequentes:

Entrar na curva com velocidade excessiva – incapaz de reconhecer a
severidade da curva, o piloto normalmente decide aplicar os freios ao
inclinar-se para reduzir a velocidade, levando à inevitável perda de
aderência e de tração.

Não olhar através da curva, geralmente fixando-se em um obstáculo. A regra
de segurança determina que você deve fixar sua visão aonde você quer estar e
não no ponto à sua frente.

Falha na inclinação correta, de acordo com a velocidade. Muitos pilotos
falham em usar a inclinação necessária para passar pela curva, inclinando-se
demasiadamente (e perdendo tração) ou inclinando-se menos e saindo da faixa
da curva.

Aplicar os freios enquanto se inclina. Na maioria das vezes, a quantidade de
frenagem aplicada excede a capacidade de tração dos pneus, na inclinação em
que se encontra a motocicleta.

Escolha da trajetória – o piloto escolhe uma trajetória que o leva a cruzar
a faixa de separação das pistas ou o coloca muito próximo desta faixa,
ficando no caminho dos veículos em direção oposta e que podem estar muito
próximos da mesma faixa.

4 – Direção

As investigações demonstram, frequentemente, situações em que parece que o
piloto virou em direção ao outro veículo, ao invés de distanciar-se dele. Ou
não fizeram um movimento evasivo que poderia ter evitado a colisão. Ou,
ainda, seguiram em direção a um obstáculo que poderia ter sido evitado.
Este erro é atribuído à falta de conhecimento da contra-exterção. As
motocicletas necessitam de comandos distintos em baixa e alta velocidade. Em
baixa velocidade, ou quando estamos manobrando, normalmente giramos o guidão
na direção aonde queremos chegar. Em alta velocidade, o movimento é ao
contrário: se queremos ir para a direita, o guidão tem que ser movido para a
esquerda.

5 – Falta de treinamento

A falta de treinamento é um erro gravíssimo. Muitos acidentes poderiam ser
evitados se os pilotos tivessem treinamento adequado, antes de entrar numa
rodovia. Pilotar na cidade, em baixa velocidade, é totalmente diferente de
faze-lo numa rodovia, em velocidades superiores a 100 km/h.
Muitos acidentes ocorrem com motociclistas inexperientes e mal treinados.
Este é um erro terrível porque acidentes com motocicleta podem ser muito
sérios.

A inexperiência conduz sempre a uma pilotagem além de sua capacidade ou
habilidade.

Pilote sempre com a segurança em primeiro lugar.

domingo, 26 de junho de 2011

Moto atropela em cima da faixa de pedestres


Um homem foi atropelado em cima da faixa de pedestre na avenida Dez de Dezembro, no Jardim Piza, zona sul de Londrina. A vítima foi atingida por uma Honda CB Hornet 600cc, por volta das 18h30 desta sexta-feira (24).

O corpo foi arrastado por cerca de 100 metros. A vítima sofreu múltiplas fraturas e teve morte instantânea. O condutor da moto também morreu na queda. Trata-se de Daniel de Souza, 54 anos, sargento da reserva da Polícia Militar.

A perícia criminal constatou que o motociclista estava em alta velocidade. O laudo será remetido à Delegacia de Trânsito.

Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML).

Folha de Londrina-24.06.2011


Amigo leitor deste meu blog; você sabe o que são 100 metros?? É a distância de uma quadra...

Fiquei sabendo que deu trabalho aos socorristas que estiveram no local para "desgrudar" o corpo da vítima...

Aliás, cadê o nome da vítima??? Uma pessoa qualquer que atravessava a pista "em cima da faixa de pedestres"...
uma pessoa inocente que perdeu a vida por causa da irresponsabilidade de outra pessoa que não tinha respeito nem pela própria vida...

Adoro andar de moto, amo o motociclismo, mas não aceito em hipótese alguma o que eu vejo constantemente em ruas e rodovias; motos andando a 200 e até a mais de 200km por hora.

Clique no link abaixo e veja esse vídeo postado no Youtube por um motociclista andando numa Hornet 600, e leia os comentários abaixo; ele se orgulha de atingir 245km por hora na Rodovia Dom Pedro, interior de São Paulo, e ainda ensina a outros como "escapar" do radar fixo:


sábado, 28 de maio de 2011

Irregularidades em Postos de Combustível

A uns dias atrás eu postei aqui um conselho aos londrinenses para que deixassem de abastecer seus veículos em Londrina e fossem abastecer nos municípios vizinhos, onde o combustível chega a custar até 10% menos.

Indiquei um posto de Londrina localizado na av.Tiadentes (Birigui) que era o único na cidade que estava com preços mais justos. Mas para minha surpresa, hoje li a matéria abaixo:

"Empresário denuncia cartel de postos em Londrina"

O empresário e gerente do Posto Birigui, Luiz Jorge Bolognesi afirmou nesta sexta-feira (27) na chegada ao Gaeco que existe há cerca de 10 anos um cartel de postos de combustíveis no município.

Luiz Jorge, foi levado à sede do Ministério Público como testemunha durante a
Operação Bomba Limpa. O filho dele, Luiz Jorge Bolognesi Filho, dono do Posto Birigui foi preso por irregularidades. Ele acabou solto após pagar fiança de R$ 4 mil.

O gerente do posto afirmou que vai contribuir com as investigações do Ministério Público citando nomes dos envolvidos no cartel. Em entrevista à imprensa na chegada ao Gaeco, Bolognesi disse que nunca participou do esquema, mas que sabe quem são os envolvidos. "Não tenho provas porque nunca participei, mas posso dizer quem são as essas pessoas", revelou.

Segundo ele, a quadrilha teria um responsável pelo cartel em cada região da cidade e um coordenador geral. O cartel agiria fazendo pressão nos empresários para que houvesse pouca diferenciação nos preços dos combustíveis entre os postos.

Irregularidades

O posto Birigui em que Luiz Jorge é gerente fica na avenida Tiradentes e foi interditado pelo Procon e outros órgãos participantes da Operação. Segundo informações da rádio Brasil Sul, o posto teria três das 9 bombas fiscalizadas funcionando indevidamente. A cada 50 litros abastecidos pelo cliente, se "perdia" meio litro. Ou seja, o consumidor pagava a mais do que abastecia.

Além disso, outras quatro irregularidades ambientais foram verificadas pela Sema no local.

Fonte: Bonde News - 27.05.2011

Cheguei a conclusão que não existe posto seguro para se abastecer em Londrina